Agostinho Ricca

365arq:

Arquitecto portuense, Agostinho Ricca Gonçalves (1915-2010) concluiu o seu curso de arquitectura na Escola de Belas Artes do Porto em 1941, tendo, posteriormente, estagiado no gabinete do arquitecto Januário Godinho. 

Mais tarde viria a colaborar com o arquitecto Rogério de Azevedo na Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais, como no restauro do Edifício dos Paços dos Duques de Bragança, em Guimarães. 

Em 1943 inicia-se como arquitecto em regime liberal, tendo sido um dos fundadores da ODAM (Organização dos Arquitectos Modernos) e em 1953 viria a ser convidado pelo arquitecto e professor Carlos Ramos a leccionar a cadeira de Arquitectura na Escola do Porto. 

Salientámos os seus projectos para os remates das ruas Sá da Bandeira e Júlio Dinis, em colaboração com o arquitecto Benjamim do Carmo, e o edifício de habitação do Montepio Geral na Rua Júlio Dinis.

Architect from Porto, Portugal, Agostinho Ricca Gonçalves (1915-2010) completed his course in architecture at the School of Fine Arts in Porto in 1941 and subsequently interned at the studio of the architect Januário Godinho. 

He would later collaborate with the architect Rogério de Azevedo in the General Directorate of National Buildings and Monuments, on the restoration of the City Hall Building of the Dukes of Bragança, in Guimarães. 

In 1943 starts as freelance architect, having been a founder of ODAM (Organization of Modern Architects) in 1953 and was to be invited by architect and professor Carlos Ramos to teach the chair of architecture at the School of Porto. 

We point out his projects for the street Sá da Bandeira and Júlio Dinis, in collaboration with architect Benjamin Carmo, and the building housing of Montepio Geral in Street Júlio Dinis.

Imagens: Agostinho RIcca; Edifício de Habitação Montepio Geral (fotografia de Carlos Alburquerque Castro); Planta piso tipo do Edifício de Habitação Montepio Geral (fonte G. Arquitectura Moderna-Porto); Zona de cinema, hotel e piscinas do Complexo Residencial da Boavista (fotografia de Manuel de Sousa); Igreja de Nossa Senhora da Boavista, Porto (fotografia Sérgio Barbosa). 


%d bloggers like this: